Publicado em 13 de mar de 2019

O que eu achei de Capitã Marvel

Oi gente, tudo bem com vocês?

Semana passada estreou Capitã Marvel e hoje eu vim dar a minha opinião sobre o filme depois de pensar a respeito.

Ela faz parte da força Kree – Foto: Estação Nerd

A primeira coisa: não se baseie nas críticas das pessoas para decidir se irá ou não ao cinema! Teve gente que amou e teve gente que odiou, as impressões e defesa de cada um são bem diferentes.

Era o que eu esperava? Sim, não sai do cinema decepcionada ou nada do tipo porque já antecipava que seria um filme de origem da Marvel.

A história não tem AQUELE vilão muito bom, mas imagino que depois do Thanos nós vamos achar que os vilões não são lá grande coisa.

A heroína é realmente MUITO poderosa, o que fica evidente já no trailer. Além disso, durante a produção, a super-heroína desenvolve mais seu trabalho sozinha, ou seja, consegue resolver por conta. GIRL POWER, BABY¡

Quanto as opiniões… Fiquei bem chateada quando comecei a ler a abundância negativa, principalmente de homens, falando que o filme é ruim, que a atriz não combina com o papel e que ela não tem carisma. Eu discordo completamente! O filme é muito bom, tem um significado muito grande por ser a primeira protagonista mulher em um filme solo da Marvel e ser TÃO poderosa (algumas pessoas ainda falaram que foi apelação ela ser poderosa demais). A Brie Larson foi perfeita para o papel, a química dela com o Samuel L. Jackson é maravilhosa!

Falando em Fury, ele está maravilhoso neste filme, principalmente nas cenas com o gato Goose. Finalmente mostram como ele perde um olho e confesso que é surpreendente.

Ah, há uma reviravolta na história que dividiu opiniões, eu inclusive estou um pouco em dúvida, e que interfere em supostos filmes futuros.

Cenas pós-créditos

A primeira cena pós credito me deixou de boca aberta e com o coração acelerado, mas não vou entrar em mais detalhes para não dar spoilers, MAS FIQUE ATÉ O FIM! Elas são muito importantes (sim, são duas cenas).

Conclusão

Na minha opinião o filme é muito bom, muito importante para as mulheres, cumpre o seu papel em apresentar a personagem e mostra quão poderosa ela é. Assista porque vale MUITO a pena, além de ser importante para apresentar uma personagem que pode mudar o rumo em Ultimato.

Tags
Giovanna Prando

Postado por

Giovanna Prando

Uma alma feliz, que ama a liberdade e várias outras coisas. Quem disse que mulher não pode gostar de maquiagem e de heróis ao mesmo tempo? Eu gosto do que eu quiser. Viagens, beleza, filmes e séries, animais e água – seja mar ou piscinas – são as minhas paixões e eu estou aqui para compartilhá-las e quero que vocês compartilhem as suas comigo, afinal o que é a vida de uma jornalista sem histórias?