Publicado em 27 de jan de 2019

O que eu achei do curso de Locução para Telejornalismo?

Eu sempre tive um sonho. Ser âncora ou apresentadora, como você preferir chamar, de um jornal ou algum programa como o “Mapa do Pop”, apresentado na GNT pela ex-modelo Caroline Ribeiro.

Contudo, alcançar essa meta pode ser muito, muito mesmo, difícil! Digo isso porque a pessoa deve ter, além do pingo de sorte, uma lista de qualificações: saber se colocar em diversos ambientes, propor soluções rápidas quando tudo estiver dando errado, manter um corpo “adequado” para os padrões da TV – sim, isso ainda existe na maioria das emissoras, INFELIZMENTE, só não é comentado – e ter uma dicção impecável!

Pareço estar sendo dura falando tudo isso, mas o mercado realmente funciona dessa forma e entre tantas pessoas sonhando uma sempre ganha o balde de ouro no fim do arco-íris.

Por isso, tomei a decisão de fazer um curso para melhorar a última habilidade que citei acima: locução. Eu escolhi procurar as aulas em uma das faculdades mais bem conceituadas de Jornalismo em São Paulo, a Cásper Líbero.

O programa, lecionado pelo jornalista, locutor e músico Celso Cardoso, é dividido em básico e avançado. Pela ordem, comecei pelo básico que teve duração de 10 dias, carga horária de 27 horas e custou salgados R$750,00.

Iniciei a primeira etapa em 14 de janeiro, às 19h30, teve um pouco de explicação do que faríamos ao decorrer das duas semanas e a apresentação dos estudantes. Celso Cardoso – a quem passei a chamar de professor -, deu um exercício de leitura de uma cabeça de jornal.

Feito isso, o apresentador pediu que cada um da sala apontasse possíveis erros e artimanhas que o colega poderia melhorar, mas não para gerar algum entristecimento, o objetivo era de aprendermos uns com os outros.

Durante a segunda aula, Celso dá suporte à aluna Alice (no centro da imagem) para evitar movimentos com as mãos e atrapalhar sua projeção de voz – Foto: Juliana Garcia

Posso dizer que todos os dias do curso foram muito intensos. Fosse nos cinco encontros que tivemos no estúdio de rádio ou os últimos cinco no de TV. Em pouco tempo, o professor conseguiu unir a turma e estabelecer uma sintonia de amizade mesmo. E essa cumplicidade também atingiu Celso, que se propôs a fazer um grupo no WhatsApp com a gente e ficou à disposição para responder o que precisávamos. Fora o último dia de aula que teve um alegre encerramento no bar.

Turma de Locução para Telejornalismo na última aula do curso

Quando tudo acabou, eu olhei para trás e analisei as evoluções. Eu comecei as aulas insegura, sabia onde queria chegar, mas o nervosismo de fazer o que mais amo na frente dos outros ainda era algo que me atrapalhava, porque eu sempre quis mostrar o meu melhor. O tempo passou e o que mais mudou em mim foi a confiança. Confiança em falar, ousar e tentar novas formas de apresentar uma notícia. Já no meu dia a dia, me incentivou a projetar minha voz com clareza, mostrar mais crença no que digo, tanto para meus chefes quanto em casa, e aprender a gostar do jeito que falo.

Antes de encerrar, acompanhem o áudio de leitura da primeira aula e a apresentação em bancada da última, notem a evolução na projeção, assertividade, expressão e tom grave:

 

Mesmo com um pequeno deslize no texto, consegui perceber coisas boas. Claro, em apenas 10 dias é impossível se tornar a Renata Vasconcellos, mas com muito treino e dedicação, evoluímos.

O curso superou as minhas expectativas e as intensas avaliações de Celso fizeram com que cada aluno melhorasse de forma irreconhecível em tão pouco tempo. Mesmo com o valor alto, valeu a pena pelo retorno positivo. E agora, mal posso esperar para o módulo avançado que começa essa semana!

BeiJUs, Juliana

Tags
Avatar

Postado por

Juliana Garcia

"Quando paro para escrever sobre mim é sempre um desafio". Essa frase me acompanha há tempos, porém descobri com o tempo que ainda estou em busca de quem sou, me perdi, me perco no caminho da vida e estarei tentando me achar. Quem aqui estiver, espero que desfrute da jornada comigo e que em algum momento se deixe vulnerável o bastante para sentir. Afinal o sentimento é o que nos torna humanos, não?! Aquilo que vem de dentro quero abraçar, seja o detalhe da alegria, dor, faz tudo parte da caminhada que o coração, corpo e mente expõem. Se aprendi uma coisa, principalmente após meu pai ser diagnosticado com uma doença rara (ELA), é que o corpo humano é maravilhoso e conviver com ele está para lá de ser algo fácil, então seja qual for o momento da vida quero poder gritar o que penso, sem regras e pontos. Se for preciso pontos que sejam os meus. Até breve, Ju.

Comentários

  • Avatar

    Adriana

    Em 27.01.2019

    Adorei Ju… Sucesso sempre.

  • Juliana Garcia

    Juliana Garcia

    Em 27.01.2019

    Mensagem mais fofa! Obrigada pelo apoio, Drika❣️

  • Avatar

    Barbara Dandara

    Em 27.01.2019

    Linda, perfeita, adorei…
    Arrasou Ju, mas poxa, cadê eu na foto? Rs
    Mas muito sucesso viu, bora que o céu é o limite. #partiuavancado

  • Juliana Garcia

    Juliana Garcia

    Em 27.01.2019

    Para sempre nossa Beyoncé!! Sucesso para todos, nossa turma foi incrível. E fiquei tentando entender onde você estava na foto kkkk

  • Avatar

    Natália

    Em 27.01.2019

    Maravilhosa, arrasou 💛💛

  • Juliana Garcia

    Juliana Garcia

    Em 27.01.2019

    AHHH, fofa!

  • Avatar

    Beatriz Guedes

    Em 27.01.2019

    Você é incrível! Muito muito muito sucesso! A bancada já é sua! ❤️

  • Juliana Garcia

    Juliana Garcia

    Em 27.01.2019

    Que saudades de trabalhar com você! Volta logo para gravarmos

  • Avatar

    Marcio Stefani

    Em 27.01.2019

    Além de talentosa falando é talentosa também escrevendo… teu texto ficou lindo e emocionante…. parabéns…

  • Juliana Garcia

    Juliana Garcia

    Em 27.01.2019

    Você não faz ideia do quão bom é ler isso! Obrigada pelo incentivo 😊

  • Avatar

    Lucca Amorim

    Em 27.01.2019

    Você gesticula tão bem! Amo!!! Torço sempre por vc!

  • Juliana Garcia

    Juliana Garcia

    Em 27.01.2019

    Obrigada por sempre estar me apoiando! Com dedicação, um dia chegamos lá 😘