Publicado em 19 de jan de 2018

Diário de bordo: O curso de Inglês

Nem tudo é diversão, mas você pode fazer com que seja! É assim que eu descrevo minha experiência estudando inglês aqui no Canadá. A escola que eu escolhi, EC, tem uma forma dinâmica de ensino. Um exemplo disso é o programa para pessoas acima de trinta anos que muitas vezes acham que fazer intercâmbio nessa idade é algo difícil, mas aqui eles se sentem jovens (não que eles não sejam hahhahahaha).

Aí vai um resumão de como funciona toda a escola:

Não sei se vocês conseguiram entender o quão legal é estudar inglês em uma escola nativa e quando penso que daqui uma semana isso tudo acaba… vixi, o coração aperta, mas também me dá força para planejar outra experiência maravilhosa como essa.

Até a próxima!

BeiJU, Juliana

Tags
Avatar

Postado por

Juliana Garcia

"Quando paro para escrever sobre mim é sempre um desafio". Essa frase me acompanha há tempos, porém descobri com o tempo que ainda estou em busca de quem sou, me perdi, me perco no caminho da vida e estarei tentando me achar. Quem aqui estiver, espero que desfrute da jornada comigo e que em algum momento se deixe vulnerável o bastante para sentir. Afinal o sentimento é o que nos torna humanos, não?! Aquilo que vem de dentro quero abraçar, seja o detalhe da alegria, dor, faz tudo parte da caminhada que o coração, corpo e mente expõem. Se aprendi uma coisa, principalmente após meu pai ser diagnosticado com uma doença rara (ELA), é que o corpo humano é maravilhoso e conviver com ele está para lá de ser algo fácil, então seja qual for o momento da vida quero poder gritar o que penso, sem regras e pontos. Se for preciso pontos que sejam os meus. Até breve, Ju.