Publicado em 20 de nov de 2017

Aperte o Play: 03 séries que precisamos falar sobre

Acreditem ou não, mas o ano de 2017 está chegando ao fim. Com ele, não são só os enfeites de natal que são trazidos, mas também somos lembrados que: AS FÉRIAS ESTÃO BATENDO À PORTA. Para quem não aguenta mais esperar, assim como nós, é só ligar o ventilador, fazer a pipoca e deitar tranquilamente para assistir as três séries que vamos indicar hoje.

01. ATYPICAL 

A Netflix não está para brincadeira e essa série é a prova disso. Começar Atypical é ter em mente que você precisa estar preparado para lidar com diálogos bem construídos, que farão você encostar a cabeça no travesseiro e refletir sobre inúmeros assunto por horas e ir de gargalhadas incessantes até o nó na garganta que surge em cada crise que Sam, personagem principal da trama, vivencia ao tentar aproveitar a adolescência (que já é difícil por si só com seus altos e baixos) mesmo com traços de autismo.

Não é uma série de grandes efeitos especiais, afinal, é a história de uma família que convive com o transtorno do espectro autista. Mas é nesse exato ponto que mora toda a beleza da série: no quão real os personagens são e em como seriamos capazes de viver cada conflito que é abordado na série.

Mergulhar nos oito episódios dessa história é entender mais sobre autoconhecimento, afinal, o crescimento de Sam é de marejar os olhos, assim como o de Casey, sua irmã, que o defende com unhas e dentes até então, mas que mais tarde entende que tudo bem cuidar de si também, afinal, Sam está indo muito bem em cada batalha diária.

Se você ainda não foi convencido a apertar o play, deixo apenas um conselho aqui: assistir Atypical é colidir, com todo o seu corpo, com o fato de que as frustrações são rasteiras fortíssimas, mas que primeiro nos apoiamos as mãos, depois os joelhos e nos erguemos novamente.

02. THIS IS US 

Não vou mentir: o seu coração vai doer e os olhos encherão de lágrimas em cada episódio, das duas temporadas da série, porque a junção da história de This is Us e a trilha sonora escolhida não tem quem aguente.

O amor do casal Jack Pearson e Rebecca é de tirar o fôlego. Não, eles não são perfeitos juntos, com panquecas todos os dias no café da manhã, na cama. Eles são as duas pessoas que brigam em um bar ao discutirem sobre ter filhos ou não e viram a cara um para o outro. Mas depois voltam e não só escolhem a maternidade, como a vivencia três vezes em um único momento.

Kate, Kevin e Randall, filhos do casal, são os personagens mais densos que você conhecerá. A história da Kate começa com a sua busca pela perda de peso, enquanto Kevin entra em uma crise de idade, já que ele sempre é reconhecido como o ator de TV que não é levado a sério e Randall é o que grande empresário, bem sucedido, mas que tem uma carga emocional imensa carregada nas costas.

Não adianta. Eles são as pessoas que cruzam diariamente os nossos caminhos ou, até mesmo, são nós mesmos e a verdade é que se enxergar e entender que não há nada de errado em ser quem você é, é incrível, não é?

03. THE FOSTERS

Não tem como você não se apaixonar por Stef e Lena, um casal homoafetivo com um filho biológico, dois adotivos, mas que tem sua rotina transformada com a chegada repentina de Callie e seu irmão Jude, quando a jovem é retirada às pressas do reformatório.

Ainda que, no início, Stef diga a Lena que não dá para salvar todos os jovens que estão no processo de adoção, nós descobrimos com o decorrer dos episódios que, mesmo com todas as dificuldades e traumas que Callie sofreu, ela foi salva pelas duas mães.

É uma história sobre o amor ser capaz de salvar até mesmo aqueles que estão quebrados emocionalmente e que não há um modelo de família correto. O que realmente importa é estar disposto a cuidar um do outro, independente das circunstâncias!

 

Espero que essas três séries sejam experiências memoráveis para comemorar o fim de semestre, começar as férias e encerrar 2017 com chave de ouro. Pode separar os lencinhos, porque prometo que o coração ficará aquecido e os olhos molhados. Até a próxima aqui, no Rua 6, com mais dicas para você.

Alice Arnoldi.

Tags
Alice Arnoldi

Postado por

Alice Arnoldi

Você quer sentar e conversar sobre séries? Ou sobre assuntos polêmicos? Não importa, para mim, os dois são válidos. Por isso, por aqui no Rua 6, você verá eu escrevendo de tudo um pouco, afinal, jornalismo é versatilidade, né? :)